Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Saudades

Pois bem, a ausência desta vez foi muito grande. Porquê? Não sei bem explicar, talvez a resposta mais adequada é de que tudo na vida de cada um tem o seu timing. Por incrível que pareça, às vezes tenho a sensação de que a minha vida é feita de peças de puzzle soltas numa grande mesa. Às vezes encontro uma peça que não encaixa em lado nenhum. Se calhar a diferença entre as pessoas pode começar por aí. O que é que cada um de nós faz com essa peça? Pomo-la de lado e esperamos por encontrar o sítio em que encaixa? Irritamo-nos e mandamo-la fora? Esperamos que o puzzle se vá fazendo sozinho?

 

Eu sou a pessoa que guarda as peças. Todas. Porque sei que mais tarde ou mais cedo tudo faz sentido, tudo tem encaixe. Não vejo nada como perdido, ou como insolúvel. o blog foi isso mesmo. Uma peça que saltou do sítio mas que eu guardei bem, junto ao meu coração, esperando o dia em que sabia que ela ia encaixar novamente. E o dia chegou, tal como previra.

 

No entanto não posso dizer que as coisas são iguais, porque são incrivelmente diferentes. Mudei muito como pessoa, atrevo-me a dizer para melhor. E orgulho-me de cada passo que vou tomando, mesmo que depois acabe num tremendo erro. E os erros não passam de lições que temos de saber como aprender. Tenho agora um marido e uma família que amo muito. Um sítio onde entro e SEI que estou em casa (nunca tinha acontecido antes). Tenho toneladas de responsabilidades nos ombros, mas sei muito bem desligar de tudo isso e satisfazer-me com as coisas mais simples da vida, aliás diria que é uma das coisas que sei fazer melhor. E sou muito feliz. Não quero que me interpretem como mais uma tolinha de olhos sonhadores que acho que é feliz. Não, eu sou feliz com o pouco que tenho que é tão precioso, mas não sou estúpida ao ponto de achar que tenho uma vida perfeita. E ainda bem que não tenho (Deus, que tédio!) 

 

O que mudou em mim: Aprendi que tenho um grau de paciência MUITO acima da média, e uma compreensão igualmente extraordinária. Tento sempre ver o lado bom, e sei que isso irrita muita gente. Mas por outro lado, cada vez me aborreço mais com coisas insignificantes, fúteis, pequenices. E então vou desligando o que não me interessa (e isto às vezes pode ser duro). Tornei-me muito mais respondona e defensiva, mas ainda bem. Por outro lado estou mais preguiçosa, não tenho paciência de fazer certas coisas, e sei que voltar ao blog é o que preciso para puxar por mim, para me estimular. Abri muito a minha mente e tenho interesses que não tinha antes, e sinto que cada vez mais tenho uma fome enorme de saber. Leio, discuto, e tento aprender tudo ao máximo.

 

A moda é uma lufada de ar fresco para mim. Não a vejo como fútil, nem a trato como tal. É apenas algo que me faz sentir bem. Que me distrai doutras coisas mais pesadas, e por isso me faz bem. Quero ao máximo transmitir isso aqui, por isso não vou andar atrás de tendências, nem vou andar a ditar guarda-roupas. Lá está, já não tenho pachorra para isso. A moda tem de ser acessível, vestimos roupas todos os dias certo? Então temos de parar de nos subjugar às divindidades da moda e criarmos o nosso próprio mundo do que gostamos. Se estão nessa onda sejam muito bem-vindos e partilhem o que vos vier à cabeça. Este é um espaço de moda diferente. Se não estão, bem vindos na mesma que eu não corro ninguém a pontapé, e como já sabem tenho uma boa dose de paciência em mim :)

 

No final deste mês vão haver mais mudanças, mas não quero, nem vou falar delas agora. Só mais lá para a frente, até porque não sei no que vão resultar.. Entretanto um dia destes vou partilhar convosco as pequeninas coisas que me fazem feliz, que não têm só a ver com moda, o que nunca foi muito o meu hábito aqui no blog mas espero mudar isso. Espero que tenham tanta paciência para os meus devaneios como eu..

 

Por isso estou entusiasmada por estar de volta, muito mesmo, apesar de ter a sensação de que só muito poucos me lêem (se tanto), mas isso é o castigo inevitável pela minha ausência e aceito isso com um sorriso na cara. Escancaro as portas do blog para quem quiser, e espero que se sintam em casa.

 

Tive muitas saudades.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil