Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Heather Renée Sweet

E quem é esta? Muitos conhecem-na por ser a rainha do burlesco, outros por ser a ex senhora Manson, ou até um ícone de moda. Nascida a 28 de Setembro de 1972 em Michigan como Heather Renée Sweet, cedo mostrou talento em fartura para a dança e as artes, sendo as suas inspirações as grandes musas de Hollywood. Aos 16 anos, morreu a Heather, nasceu a Dita Von Teese.

 

         

 

A origem do nome tem história: o Teese era suposto ser  Tease (provocação) mas graças a um erro de impressão na sua primeira aparição na Playboy, o nome ficou assim, e foi adoptado por ela sendo esse o seu nome artistico. Ela conseguiu trazer de novo o vintage, as pin-up's, o glamour do antigo Hollywood, tudo isso sem nunca parecer antiquada. Tendo como inspiração Bettie Page, recriou espectáculos de striptease burlesco que são um encanto de se ver. Os mais conhecidos são os da banheira, o do Pó de arroz, e o do copo de Martini (é sem dúvida o mais relevante dela, e até foi apresentado na abertura da Louis Vuitton de Paris).

 

      

 

Espectáculo no copo de Martini em que Dita espreme uma azeitona (ou cereja) com água por cima de si; Espectáculo na banheira, com muita espuma e bolas de sabão.

Mas antes de ser tão conhecida pelos seus feitos com pouca roupa, ela foi posta na ribalta pelo seu casamento com Marylin Manson (um estilo de bela e o monstro moderno :S), um casal que na teoria até resultava bastante bem dadas as práticas fetichistas que ambos suportavam. Mas parece que Dita não aguentou por muito tempo o caso que Manson escondia com Evan Rachel Wood e divorciaram-se pouco tempo depois. O casamento, é claro, teve todo o drama necessário e levou convidados famosos de todo o mundo.

 

                

Dita e Manson

 

          

 

No dia do casamento: O vestido é Vivienne Westwood, embora ela tenha mudado de roupa várias vezes. À direita Christian Louboutin ajuda Dita com a liga.

A seguir algumas fotos do livro de Dita 'Burlesque and the art of the teese/Fetish and the art of the teese' em que aparecem duas Ditas distintas mas no fundo ligadas, a do burlesco, com os espectáculos mais tradicionais e a história da carreira dela, e a vertente mais dark, a fetichista rodeada de chicotes e couro.

 

           

 

          

 

Ela participa também em inúmeras campanhas publicitárias, e é musa de vários estilistas (Galliano é um deles). A mais recente é a campanha para a M.A.C. (que aparece nas nossas revistas com frequência). Dita sempre foi muito ligada à moda, e defende que a mulher deve sempre ser sensual e feminina não descurando nenhum pormenor. Mas é desde a separação dela que a vemos em mais desfiles e eventos de moda, aparecendo sempre com um visual impecável, chique e elegante, e põe muitas supostas 'fashionistas' no chamado chinelo.

 

                   

 

              

 

É bom dizer, as pin-up's estão de volta! Para mais informações vão ao site da Dita ou comprem o livro (eu tenho, guardo religiosamente e já li várias vezes... é lindo!). Para quem gosta do estilo não deixem de visitar também www.bettiepage.com vale bem a pena!

 

Não deve ser dificil de perceber, eu adoro a Dita, é sem dúvida quem eu acho ter mais estilo e postura (além de que ela é branquinha com muito orgulho! Quantas se podem gabar disso? ok... a Nicole Kidman também!) e era crime não lhe dedicar um post. Espero que também seja do vosso agrado, mas sempre me pareceu que a Dita é muito de extremos, ou a amamos ou odiamos, por isso deixo isso convosco. Mesmo assim, espero que gostem. :) Quero também desejar-vos um bom fim-de-semana, eu só volto na 3ª e já sabem... desejem-me sorte para o exame na 2ª. Hei-de passar, depois digo-vos. Beijos da Rita

 

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil