Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bread n' Butter, a Direcção da Moda, e o Design

(Meus queridos, hoje dou-vos uma folga da minha pessoa, por isso apresento aqui um fantástico e bem actual artigo do João da Miyuki, que fez o favor de o escrever para nós a relatar a sua experiência no Bread n' Butter. Mas pronto, vou-me calar! :p leiam e gostem tanto como eu. Beijos da Rita    P.s.: Não deu para pôr as fotos, peço desculpa, amanhã devo conseguir)
Entre 16 e 18 deste mês realizou-se mais uma bread and butter.
Para quem não conhece este tradeshow de moda, trata-se de um dos maiores da actalidade e que a meu ver prima pela originalidade de ter no mesmo recinto areas  dedicadas aos segmentos de Street wear, Denim, Fashion, Superior, e ainda um espaço para os novos talentos (denomindado de studio).
Durante os três dias a B&B torna-se a cidade de tudo o que é trendy, para mim é um mundo de inspiração pois a ideia de juntar todos os segmentos num só local cria uma mistura de estilos incrivelmente inspiradora.
 Para terem uma melhor noção do que estou para aqui a falar, nada melhor que uma visita ao site da exposição (http://www.breadandbutter.com ) pois têm disponiveis imagens e videos para sentirem ao maximo o que se passou por lá.

A direcção da moda
Para mim a zona mais inspiradora de toda a B&B é sem duvida a área fashion. Nesta área estão as marcas que têm criações mais ousadas mas que são ao mesmo tempo comerciais e usáveis no dia a dia.
Ao entrar neste espaço o que saltava rapidamente à vista era.... a cor.
Depois de um inverno como o deste ano, onde o o estilo sóbrio e preto foram os factores predominantes, no proximo inverno seremos (finalmente) invadidos pela cor.

Se puder eleger exemplos para identificar o que se via nas principais marcas de referencia da area “fashion” (e o que possivelmente aí vem para o inverno de 2008),  diria que é um misto de Custo Barcelona com Fornarina, e que se quiserem ser ainda mais ousados/as preparem-se para os padrões de cores berrantes, neons, etc...até o colour denim volta em força ( na area Superior estava bem marcado).

Claro que tudo isto (pelo menos em Portugal) acaba por ser verdade ou não, pelo que as mega cadeias de roupa (Zara etc) vão eleger para copiar, pois em paises onde 70% ou mais da população é cliente destes grupos, o que acaba por ser moda ( e muitas vezes erradamente) é o que a maior parte das pessoas vai usar.
 Acredito que muitos de vocês não se imaginam a usar por exemplo colour denim, mas basta os vossos olhos serem massificados por estas cadeias para a realidade ser outra ;)

Resumidamente a nível pessoal gosto muito mais do que aí vem para o inverno do ano 2008, gosto muito do look masculino que foi adotado este ano mas acho que se torna extremamente monótono quando usado no dia a dia. Usar  este look preto e branco dia após dia, principalmente no inverno quando o tempo por vezes já não ajuda é mt down...Viva a cor :)

O Design
Algo que não queria deixar de falar pois estava presente em todo o lado era o factor design.
Cada vez mais as marcas estão rendidas a este factor, as colaborações com designers.
Um bom exemplo é a tradicional marca lacoste, marca que me faz sempre lembrar o meu pai devido ás malhas e aos polos, e que recentemente sofreu uma excelente remodelação.
Se o ano passado foi a vez do do plastic polo, nesta edição da bread&butter estava presente no stand da marca, uma colecção só para as lojas intituladas de designer clothing (concept stores) e que não marcará presença nas “normais” lojas lacoste.
Criar modelos em quantidade limitada para este tipo de lojas é cada vez mais uma pratica assente nas principais marcas da actualidade (e a meu ver é o futuro) pois estas lojas abrangem um publico que por razões monetárias não pode comprar segmentos de topo e que ao mesmo tempo procura algo quase exclusivo. Estas lojas estão a quebrar barreiras de vendas em todo o mundo, a criar verdadeiros clientes “Fan”, conseguindo devolver a dinamica a espaços e zonas comerciais que estavam a sofrer muito com o factor “Centros Comerciais”.
Outra area que envolve o design são os cada vez mais fortes Designer Toys.
Para quem não conhece, são “brinquedos” feitos por designers em serie limitada para todo o mundo e que cada vez mais são a loucura de adultos.
Eu comparo um pouco ao que os bibelots antigamente representavam para as nossas mães, se hoje em dia é um pouco foleiro decorarmos as nossas casas com este tipo de artigos, já com designer toys a conversa é outra, pois nada mais fashion que termos em cima do nosso movel de casa um designer toy de serie limitada e com um visual altamente actual e irreverente.
 Estes artigos podem mais uma vez ser encontrados nas tais lojas concept stores , em portugal somos das unicas lojas a apostar neste linha de artigo (a única a ter por exemplo a marca tokidoki). Tudo  começou um pouco por brincadeira após termos tido contacto com eles no estrangeiro e a verdade é que se tornaram um caso de sucesso no nosso espaço,  e  sem duvida uns dos artigos mais procurados.
Em resumo mais uma grande B&B, e já estou ansioso pela proxima
Obrigado à Rita por ceder um bocadinho de espaço no seu espetacular blog
João

7 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil