Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A saga do Natal - Parte II

Vim aqui de fugida para vos actualizar com notícias natalícias. Nas compras sou uma máquina. Não hesito em nada, não divago, sei onde ir buscar o que quero, e a mim raramente me conseguem impingir alguma coisa. Por isso os dados estavam lançados. Meti-me no fantástico metro de Lisboa rumo ao campo pequeno (mas vocês viram bem o frio que se fez sentir hoje? Fogo, eu adoro o Inverno mas até eu já admito sentir algumas saudades do verão :S). Para começar o Pai Natal do Centro comercial é o cómico por excelência, se forem lá vejam bem se eu não tenho razão. Depois, estava apinhado de gente. E quando cheguei à Ale-Hop o choque ainda foi maior. Estava a rebentar pelas costuras! Bolas, não posso descobrir nada que é logo isto! lol Mas pronto, 'com tranquilidade' lá achei tudo o que queria em tempo expresso, embora a maior parte das coisas que queria estivessem esgotadas e isso vai obrigar-me a voltar lá amanhã depois do trabalho. Quanto a prendas fiquei quase despachada ( a prenda para o meu patrão é que é sempre um castigo...) para as tias - velinhas de cheiro; para os meninos meus amigos - umas prendinhas atrevidas; para as meninas minhas amigas - produtos de beleza, de banho e outros; para mim - um globo de neve para a colecção. A juntar às que eu já tinha comprado não foi nada mau e fiquei despachada num instante. Mas depois disto tenho de confessar que agora compreendo a cara de frete de toda a gente... Por muito que me custe parece que o espírito de Natal desapareceu e está toda a gente deprimida e farta da época. Depois é tudo caríssimo, a lista de pessoas a quem dar prenda parece que se multiplica todos os dias. Quem é que aguenta? Já na sexta quando fui ao colombo fiquei com a mesma neura...

 

Bem mas adiante, os meus presentinhos este ano são todos muito baratinhos mas com muito valor, e como não gosto de simplesmente 'chutar' as prendas para as pessoas mesmo naquela de "pois pois... bla bla bla Natal... toma lá uma prenda" eu dou muito mais valor ao resto. Embrulhos são todos feitos manualmente por mim e cada presente segue com um cartão também feito por mim. Senão é só uma prenda vulgar e eu quero que as pessoas sintam que eu dou mesmo com sentimento e não só por dar. E para mim isso é um prazer :)

 

E pronto dou quase por encerrada esta trabalheira toda e só espero que todos fiquem satisfeitos com o que escolhi. No fim fui ao atrium saldanha (não sei bem porquê, simplesmente deu-me para ir lá) e fiquei na livraria algum tempo a devorar uns livros muito bons que por lá encontrei. No meio da molhada encontrei um livro do Mario Testino e amanhã vou tentar fazer um post dedicado ao trabalho dele que me fascina. Beijinhos a todos, e mais uma vez, obrigada por todas as visitas que temos tido :)

 

P.s.: Não pensem só nas prendas e não encarem isto como um fardo, levem a vida mais na descontra (comprem o segredo!) e lembrem-se de como o Natal realmente deve ser!

 

14 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil