Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Turma das calças de ganga

Já repararam que 90% das mulheres à vossa volta usam calças de ganga quase sempre? Mas que roupa é esta que se apoderou do nosso guarda-fatos desta forma com tanta confiança e descaramento? Deste tema posso mesmo falar à vontade sendo eu própria membro efectivo da turma. As calças de ganga começaram no ínicio a serem apenas usadas por mineiros (imaginem), criadas por um senhor de quem talvez já tenham ouvido falar... Levi strauss. Daí em diante a moda espalhou-se por todo o lado, em todas as classes sociais. E há poucos anos atrás foi dada a introdução das calças de ganga no look chique (misturado com blazers ou camisas formais por exemplo). Talvez por isso mesmo ninguém desista delas... são super confortáveis, caem bem, esculpem as nossas formas de uma maneiras que outros tecidos não conseguem, e podem ser conjugadas com milhares de coisas. Até aqui tudo bem. Mas a verdade é esta, variar nunca fez mal a ninguém, e especialmente agora no inverno há calças lindas (em tweed, lã, bombazina, algodão, etc) que vos dão maior variação de cor e de estilo. Por isso, porque não variar? Ah pois... não há desculpa certo? Não pensem em originalidade, sejam originais. Uns exemplos interessantes:

 

         

 

Mas se continuarem a AMAR as calças de ganga (não vão buscar o chicote, eu também não as vou largar nunca lol) usem-nas com estilo! A maior parte das que tenho são da Pepe jeans (para o dia a dia) o corte é soberbo, são muito comfortáveis e a qualidade é fantástica. Para calças não tão descontraídas, gosto das skinny da Salsa. (quero calças da Diesel mas o orçamento AINDA não chega lá)

 

         

 

Regras de Ouro para usar Calças de Ganga

 

Joguem com os bolsos. Se não têm rabo nenhum e desejam ter, apostem em calças com bolsos atrás, de preferência com pala e notam logo a diferença, se o vosso caso é o contrário, bolsos e muitos pormenores atrás só vão aumentar e pôr-vos lado a lado com a J-Lo.

 

Os tamanhos: Lembrem-se que com o uso e as lavagens a ganga vai alargar um pouco, por isso, mesmo que estejam justas lembrem-se deste pormenor para depois não ficarem a nadar nas calças que tanto amam e daí para a frente a única maneira de as verem vestidas é no corpo da vossa melhor amiga com uns quilinhos a mais.

 

Exageros: Com o que disse acima não quero dizer para comprarem 2 números abaixo do vosso e ficarem roxas no gabinete de provas "Bem... eu...caibo... num... 34!" evitem isso. E se são mais cheinhas na parte de cima das pernas e ancas não andem com calças super justas que depois vos fazem o famosíssimo vinco nas virilhas... tão feio.

 

Cores: As calças de ganga mais escuras podem ser usadas no trabalho porque dão um ar um pouco mais sóbrio (se o vosso chefe não estiver atento até pode ser que nem perceba que são de ganga!), as mais claras guardem para momentos mais casual.

 

Conjuntos: POR FAVOR não juntem calças de ganga com camisas de ganga por exemplo (aliás se puderem dar as camisas de ganga à vossa tal amiga que adoram, melhor) e também não deviam juntar casacos de ganga... já é demasiado ganga para um dia só, mas suponho que possam abrir uma excepção ou outra (se tem mesmo mesmo mesmo de ser...).

 

E pronto, dedicado a todas as fãs da ganga que às vezes se fartam um bocadinho, e a todas as fãs da ganga que não se conseguem separar dela! (Eu por exemplo ando maluca por saias e por isso tento dar uma pausa à ganga!).

 

Quanto a mim, esta vidinha anda de pernas para o ar, mas tenho o Segredo comigo e a paz de Buda e tudo vai lá com o tempo :) nunca ir a baixo é essencial. Ah e há outra coisa que ajuda (os benfiquistas ferrenhos é melhor não continuarem se ainda estão muito magoados):

 

               

 

Roam-se de inveja... Eu ESTIVE com Maldini e companhia (e não foi na bancada da luz a vê-los!) eheheh :D Lindo! Deixo-vos com esta bela imagem para uma sexta feira excelente! :)

 

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil